28 de maio de 2013

Correria

As coisas por aqui estão uma loucura. É provas finais da faculdade, pedrinho doente, pedrinho nascendo dente, aniversário do Pedro chegando e os preparativos começando.
Eu vou ficar maluca!!!
Mas ainda bem que a faculdade esse semestre está acabando.
Falando sério agora, tem dias que eu tenho vontade de chorar porque eu não consigo fazer as coisas da faculdade e o grau de dificuldade vai piorando quando os semestres vão chegando no final do curso.
Quinta-feira passada, nós tivemos que levar o Pedro na emergência. Ele estava tossindo muito, mas muito mesmo. A tosse não tinha intervalo, ele acabava ficando com falta de ar. Fiquei com tanto medo! Porque ele não fala e, portanto, não sabe nos dizer o que ele está sentindo.
Demos paracetamol pensando que fosse febre, mas nada de melhorar. Quando deu 2 e meia da madrugada, quando nem eu, nem meu marido conseguia dormir mais, fomos para o hospital. Diagnóstico? Tosse alérgica!
Mais dinheiro com remédios! E eu já tinha gasto no começo do mês com remédios com o mesmo problema. Mas vamos comprar né?
Acabou que eu fiquei com ele dentro do hospital e o meu marido foi dormir no carro. Fomos liberados já era 4 da manhã.
E eu ainda não tinha dormido! Nem o Pedrinho!
Ele acabou dormindo no carro. Mas dormimos somente até as oito porque eu precisava ir aprovar a arte do convite do aniversário dele. Eu estava mortaaaaaa!
Mas pensava comigo "vou chegar em casa, dar aquela soneca e depois faço os trabalhos da faculdade que eram muitos para serem entregues naquele dia".
Só foi o desejo! Acabei saindo de novo.
Acabou que não dormi e quase não consegui fazer as provas da faculdade. Quase dormi em cima delas!
Mas desde aquele dia que não dormimos direito nessa casa. Tenho que fazer inalação no Pedro duas vezes ao dia e dar o anti-alérgico duas vezes ao dia. O remédio é um sacrifício dar. Ele não gosta e cospe tudo! Sufoco!
E a inalação? Tenho que esperar ele dormir para fazer sossegada!
Essa vida de mãe não é fácil. Cada dia um desafio, uma conquista...
E eu estava tão contente que ele estava dormindo a noite toda em seu berço. E desde que ele ficou doente que tem dormido em nossa cama. Pareço um pinguim dormindo, porque não tenho espaço para mover os braços na cama. Marido dorme que ronca, mas eu não consigo porque tenho medo de cair da cama! ehehehehe
E também tem a preocupação dele ficar descoberto durante a noite, pois parece que o frio chegou de vez!
Bem, quanto ao aniversário dele, eu vou fazer no dia 15 do mês que vem. O tema vai ser cocoricó! Já estamos distribuindo os convites e eu tenho tentado conciliar as coisas do niver com os trabalhos da faculdade. Estou tão animada!
Não vai ser o aniversário perfeito porque a grana tá curta, mas vai ser bem melhor do que alguns dos quais eu já fui. Bem, espero né?
Tudo perfeito na medida do possível para o meu príncipe! E ele está tão esperto, tão falador, tão bagunceiro, tão amoroso! Amo demais!
Bem, vou dormir que amanhã é um novo dia de correria.
Depois eu volto com as minhas ideias pro niver do Pedrinho!
Ah! Não tá dando tempo de passar nos cantinhos, mas prometo que depois dessa semana, tudo vai ficar mais calmo e vou respirar mais aliviada! Última semana de provas e vou estar (meio) livre.
Beijos

11 Meses do meu lindo
Vê se ele não tem cara de galã da novela das nove? hehehehe



14 de maio de 2013

Teste de Gravidez

Não! Eu não estou grávida! hehehe
Ontem eu estava mexendo em algumas papeladas procurando alguns documentos e adivinha o que eu encontrei? 
O teste de gravidez que eu fiz do Pedrinho! 
Eu fiquei tão feliz! Eu guardo tudo do pedro e o teste de gravidez foi uma das primeiras coisas que eu queria guardar para recordar! 

Lembram que eu morei uns 4 meses na casa da minha sogra quando eu estava grávida? Eu levei o teste para lá e ficava guardado nas minhas coisas, mas quando eu voltei para a minha casa, eu não sabia aonde eu tinha enfiado o teste. Ai pensei que tinha perdido! 

Nem preciso falar que fiquei super triste, né?
Parece besteira, mas eu quero manter de recordação tudo o que marcou a chegada do Pedro em nossa vida.


E eu guardo tudo que marcou a vida do Pedro desde que ele nasceu. Umbigo, roupa da saída da maternidade, as pulseiras que colocaram nele na maternidade, eu guardo tudoooooo!!! E vou continuar guardando! hehehe












Esse é um álbum (ainda vazio) em que eu tentei fazer uma colagem para guardar as minhas lembranças.
Assim eu sei que está guardado :)
Saída da Maternidade. Vem acompanhado de uma touca
 (a única que entrou na cabeça do Pedro, pois todas as que eu tinha comprado não serviram hehehe)
Mas eu não sei aonde foi parar a touca :(
Tenho guardado também algumas roupas que eu não vou me desfazer. Não sei se vou ter outro menino mais pra frente, mas eu quero guardar mais para, sei lá, mostrar para ele quando ele for mais velho, adulto, casado e com os filhos. Eu lembro de minha mãe desembrulhar algumas recordações e mostrar mantas, macacões, umbigos que ela preservou de quando éramos pequenos e eu achei tão legal, é como se preservássemos uma parte deles pequenininhos conosco. E eu fico olhando essas roupinhas tão pequenas e me lembro de quando estava com o barrigão só esperando ele chegar de vez e olhava aquelas roupinhas tentando imaginar como ele ficaria nelas. Hoje eu tento recordar como ele ficava nelas. Me bate uma saudadeeeee! Sei que ele não vai ser criança para sempre, mas está passando tão rápido que eu queria, por um momento, parar o tempo e reter um pouco dessas memórias.
O varal de roupas antes dele nascer
Sei que eu estou em falta e eu realmente sinto muitíssimo. Mas a faculdade está tão complicada. Me sinto como um cego no meio do tiroteio. Eu estou desmotivada, minhas notas estão péssimas, perdi duas provas por motivo de saúde e vou ter que fazê-las final do semestre. Acho até que vou ter que repetir algumas matérias semestre que vem. Eu não tenho aparecido aqui porque eu tenho corrido contra o tempo para fazer todos os trabalhos dentro do prazo. Agora que o Pedro está andando oficialmente, ele não pára quieto e a casa fica uma bagunça e eu tenho tentado manter a casa de pé até o final do dia. Tenho também muita roupa para lavar, como alguns dias tem esfriado, eu tenho agasalhado bem o Pedro e ele acaba babando muito por causa dos dentes e acabo trocando mais roupas todos os dias. Tenho um cesto cheio me esperando para passar. E eu só consigo passar quando ele está dormindo ou quando meu esposo está em casa. Eu tenho estado bem cansada ultimamente.
Pois bem, o pedro completou 11 meses no último sábado. Depois eu volto com o desenvolvimento dele. Sobre o dia das mães, o meu foi bem pacato. Fomos almoçar na casa de familiares e voltamos cedo para casa para descansarmos e como o dia estava frio não teve como sair de casa. Pedrinho está um pouco gripado e com o pulmão um pouco cheio. Preferimos ficar no aconchego do nosso lar.
E para terminar o post, eu vou colocar um poeminha bem besta que eu fiz no domingo antes de pegar no sono (insônia de novo) e feliz dia das mães para todas as mamães de primeira viagem como a Rafa, a Leny, a Deby, a Fernanda, a Tácia (mãe da Sally né? Pode-se dizer que sim), as de segundona também como a Luly que vem ai com o Isaac que nasce logo logo. E a todas que ainda passam nesse cantinho abandonado
:(
Saibam que sinto falta de vir aqui e sinto falta de visitar os blogs também, mas logo logo volto com todo o vapor. preciso só terminar o semestre da faculdade!
Mas vamos ao meu versinho/poema




Depois dele
Antes dele minha casa estava sempre arrumada
Tudo no lugar...
Eu assistia novelas sem parar
Filmes, então, até o fim
Seriados afim
Dormia a noite toda e o mundo podia desabar
Saia sem hora para voltar
Comida nem sempre fazia
Roupas no cesto vivia

Hoje com ele
A casa de pernas pro ar fica
Tudo fora do lugar
Novelas, filmes, seriados tempo não dá
Dormir a noite toda virou luxo
Mesmo não precisando, lá no berço me faço presente
Só para ouvi-lo respirar
Saio com hora para voltar
E, mesmo sem ele, me apresso para chegar
Comida sempre quentinha está
Pois se comida não tem,
bebê pode zangado ficar
Roupas no cesto não fica
a máquina o dia todo trabalha
lava, enxagua, enxuga e passa
Férias não há, salário então, não vê
Mas ela tem o maior tesouro que dinheiro não pode comprar
o poder de gerar, de nutrir e o de amar.


Gente, bem besta, mas é como eu me sinto em relação ao Pedrinho. Ele me tornou mãe, me tornou melhor. Ano passado eu não pude tê-lo em meus braços, mas ele estava em meu ventre. E o meu dia das mães veio no dia que ele nasceu e não há presente que pague a benção que é ser mãe. 
Sou muito grata por tudo isso que estou vivendo, sou grata por ter a minha família, pela oportunidade de crescer como pessoa com o meu filho. 

Vou indo que já é super tarde!

Beijão!!!

1 de maio de 2013

Feriado, Meias sempre brancas e traquinagens do Pedro

Sinceramente eu não tenho ânimo de vir aqui. Ficar em casa sem trabalho tá me deixando mal-humorada por diversas vezes. Mas vamos deixar esse mal-humor de lado e vamos às novidades.
Bem, hoje não fizemos nada. Só fomos para a casa de uma amiga almoçar e voltamos. Nada de passeio, nada de nada. Agora mesmo, meu marido e o Pedro foram na casa da mãe dele. Aff! Super down esse programa de ficar visitando parente. Tem hora que não dá! Ai fiquei em casa tentando adiantar alguma coisa da faculdade que também não está indo pra frente! 
Eu estou numa fase que só de olhar pro meu marido, eu fico com raiva, mal-humorada! TPM o mês inteiro! Mas ele não é coitadinho não. Eu tenho motivos!
Mas vamos esquecer né? Por enquanto, o mais importante é o Pedro. Sempre o mais importante!

Ponto final nesse assunto! Tudo vai se resolver no seu tempo! Eu só preciso ter paciência, orar e esperar!
__________________________________________

Pedrinho agora!
Eu fico impressionada o quanto ele está esperto e o quanto ele está aprendendo tudo tão rápido. Falta pouco mais de 1 mês para completar 1 aninho de vida. Nem sei se vou fazer festinha. Época de vacas magras! :(
Vamos ver o que vou fazer!
No último post eu falei de meias encardidas. Quando o guri começou a andar, toda a roupa desandou. Vive tudo sempre muito sujo. Meias então, parece pano de chão. O meu guri limpa o chão para mim hehehe
E como eu sou super exigente com essa coisa de roupa sempre limpa e branco tem que ser branco, eu procurei na net a solução para devolver o branco para as meias do Pedro. Achei dicas como deixar de molho na cândida (água sanitária), mas acaba estragando as roupas com o tempo. Achei outra dica interessante. A dica dizia para colocar as meias numa panela com água e ferver com rodelas de limão. Funciona? Não sei, nem testei! Eu não fiz porque eu não tinha limão em casa.
Acabei partindo para o que eu tinha em casa. Sabão em pó? Sinceramente, eu não acredito muito. E minha máquina não limpa nada de sujeira pesada! E é marca conhecida!
Eu adoro sabão caseiro, mas não sei fazer! :(
Eu sempre pego sabão caseiro com a minha sogra. Ela sempre faz e eu adoro porque é ótimo para lavar louça, não deixa nada de gordura. Prefiro sabão ao detergente. 
A minha vizinha me falou que ela sempre coloca um pedaço de sabão caseiro no tanquinho para bater com as roupas muito sujas e que as roupas saem ótimas. Aproveitei a dica e mãos à obra!
Peguei as meias do Pedro e esfreguei , esfreguei, esfreguei e tcharam!!!!
Brancas novamente!!! Funcionaaaaa!
Adorei! Parecia que eu tinha comprado as meias no mesmo dia!
Essa fase dele descobrir tudo tem sido uma alegria. Ele fica feliz ao dar mais passos, por conseguir fazer algo que no dia anterior ele não conseguia. Ele já consegue descer do sofá, da cama. Já ri das piadas dos outros (ele só segue a risada e nós rimos ainda mais por achar tão fofo). Meu marido chegou em casa com 3 DVDs novos. Um chamado Valente (super recomendo! É um filme infantil, mas que dá para a família toda assistir. Fala a respeito de união, amor e perdão. Amei!!!) O Pedrinho até assistiu do jeito dele. Eu que aproveitei mais do que ele.
Imagem Google
Outro é Planeta 51 - Não assisti ainda! Não dá tempo!

E o outro é o retorno do retorno da Galinha Pintadinha! 

Eu já cantava algumas músicas desse último volume como Lava Mão, Dona Aranha, Dó Ré Mi Fá...
Só sei que essa Galinha é mágica. Eu coloco ele no sofá e lá ele fica por uns 15 minutos assistindo. 

Imagem Google
Eu fico igual uma louca cantando e dançando na frente dele e ele morre de rir. Mas no fundo, no fundo mesmo, eu acho que ele deve ficar pensando: "Alguém me acode!!! Essa mulher é doida e esqueceu de tomar o remédio hoje. Cadê o meu pai para me socorrer? Chamem o povo do hospício!" hehehehehe
Mas eu me divirto! Não basta ser mãe, tem que participar de tudo!!!
Eu sempre colocava Galinha Pintadinha 3 na net para ele assistir e sempre cantava Lava Mão. Eu cantava e mostrava como lavar a mão. Repeti tanto, mas tanto, que toda vez que ele escuta a música já começa a esfregar as mãozinhas! Coisa mais rica da minha vida! 
Agora já manda beijos com os lábios. Fala Oi o dia todo! Grita o dia todo!!!
Quando ele grita, fica um eco na minha cabeça e até sair o som pelo outro ouvido eu já estou com dor de cabeça! O menino é cantor de Rock'N'Roll!!!
Adora um buraco! Isso mesmo! Não pode ver uma brecha que ele quer se enfiar dentro. E eu sou obrigada a arrastar o móvel para ele passar porque senão o menino fica estressado.
Achou pouco???
Morro de amor e de susto!!!

Eu só posso dizer que apesar de todo esse trabalhão, eu me apaixono todos os dias por ele. Mesmo arrumando e ele bagunçando a minha casa, eu sou muito grata por tê-lo todos os dias comigo. Eu não sei o que seria da minha vida sem ele. Ele veio completar a minha vida e ser mãe é o melhor chamado/profissão/talento que eu poderia ter.
Acho que nós passamos a nos conhecer melhor depois que nos tornamos mães. Ainda consigo lembrar de quando ele nasceu, do quanto eu me apaixonei, do amor que eu senti e como eu fiquei boba com tanta perfeição. 
Me empolguei tanto com o post que nem lembro mais dos meus problemas! hehehehe
Ele tem esse poder. Ele transforma os meus dias maus em dias muito bons!
Bem, acho que é isso. O meu furacão chegou e já começou a mexer em tudo!
Ligou o Home Theater, abriu e tirou o dvd! Muito esperto, não é? Até demais!
Mais um final de noite! hehehehe
Volto falando da Quitanda!
Beijinhossssss!!

A história de Pedro e Mamãe

A história de Pedro e Mamãe