29 de maio de 2014

Putz! E agora?



Sabia que estava esquecendo de alguma coisa. Quando parei e olhei para esse aplicativo onde sempre controlo as visitas da Dona Monstra, percebi que ela está atrasada faz dois dias!
Sabe o que aconteceu a última vez que ela atrasou?


Isso!

Eu sei que... Bem, só sei que não sei de mais nada. Tomei o remédio certinho (bem, eu comecei na segunda, quando deveria ter começado no domingo), não houve "acidentes" e se tiver algo aqui dentro é porque mais uma vez o Senhor tem tomado decisões na minha vida.
Nós ainda não temos planos concretos para um segundo filho. Só sabemos que agora não seria o momento certo para nós.
Mas posso confessar uma coisa?
Me bate uma saudade de cheirinho de bebê, da barriga crescendo, da expectativa para saber com quem será parecido, o nome, o amor que só vai crescendo...

O que será que aconteceu da Dona Monstra não ter aparecido ainda hein?
Enquanto faço essa pergunta escuto algum bebê aos longe chorando!


Ui!
Deu até arrepio na espinha!

27 de maio de 2014

"A" de...

Amor?

Também!

Mas esse "A" é de aprovada. Sim, mesmo com tanta tribulação pré-prova, eu consegui! Apesar de achar a minha prova um pouco difícil. Mas acho que achei isso devido ao cansaço e ao estresse.
Quando eu cheguei ao local do teste, o portão já estava aberto e ainda eram 6 e meia da manhã(geralmente abre às 7 horas).
A fila estava enorme e eu fiz a prova na última turma formada. Me sentia uma Eu-Zumbi!
Sabia que tinha ido bem na prova, mas devido ao meu cansaço me coloquei em dúvida.
O resultado sairia na auto-escola segunda dia 26, mas falaram ao meu esposo que teria como saber antes no próprio site do Detran. Sou uma pessoa ansiosa, quero tudo para ontem, mas por incrível que pareça eu estava tranquila e disposta a esperar. Mas como tenho pressa de cumprir logo essa minha meta, eu fucei a internet de cabo a rabo e encontrei como saber o meu resultado e saiu nessa imagem linda:



Aprovada!!!

Assim que saísse do trabalho eu iria dar uma passada lá para marcar as aulas práticas. Mas liguei lá e faltavam 15 minutos para eles fecharem e é óbvio que não deu tempo.
Em comemoração a minha aprovação e alegria, rolou até mensagem para o marido:




Considerem a última mensagem. Meu editor de imagens do celular, não recorta a imagem do jeito que quero. Até o presente momento não houve pronunciamento do destinatário.

Como não deu para ir na auto escola, nós saímos para comer espetinho de carne!
Isso foi na quinta. Na sexta, precisava ir na faculdade para apresentar os formulários de estágio.
Ligo para meu esposo e fico sabendo que o Pedro não passou bem na creche e vomitou a tarde toda. Fiquei dividida, mas eu precisava mesmo ir na faculdade. Fui rapidinho e fui logo embora buscar o Pedro na casa da moça que fica com ele depois da creche.
Chegamos em casa, ele ainda vomitou mais uma vez. Tudo o que ele comia, ele vomitava. Fiquei desesperada e sem contar na diarreia que ele também estava. Meu esposo ainda estava trabalhando. Fomos dormir.
Marido chegou tarde.
Assim que meu marido se deita para dormir, o Pedrinho vomita na nossa cama.
Foi muito nojento! Nojento no nível: eu nunca tinha visto uma coisa dessa!
Mas como mãe é mãe, lá fui eu trocar tudo.
Sábado, eu tinha um cesto enorme de roupas para lavar e São Pedro só mandava chuva, nada de sol. Já imaginou, eu com um monte de roupa vomitada, lençóis e toalhas vomitadas no varal na minha lavanderia sem querer enxugar?
O Pedro já está melhorzinho. Sábado não teve nenhum episódio de vômito, mas era muita fralda trocada. E também não quis comer, ficou só na mamadeira.
Domingo já arriscou comer e já estava no normal dele. Pediu até para fazer cocô. Isso merece um post a parte.
Mas ontem, começou tudo de novo. Vômitos! Tive que levá-lo no PS e fiquei de molho em casa com ele. Nada de creche e trabalho. O pediatra plantonista passou um exame para ele fazer e receitou Dramin B6 para ele tomar. Foi diagnosticado com virose!
Por enquanto nada de vômitos. Mandei para a creche e fui trabalhar.
Mãe sofre viu! Nada de dormir direito esses dias. Tô me sentindo pior que o bagaço da laranja!
Mas não tem remédio melhor do que o ataque de beijos que recebi ontem antes de dormir! Me senti recompensada!

Novidades do dia/semana:
*Domingo fizemos um bolo.


Foi a melhor/pior coisa que eu já fiz. Melhor porque foi legal fazer com que ele participasse de algo rotineiro de casa.
Pior porque ele fez um espetáculo quando eu tirei a massa do bolo "dele" da vasilha para colocar na fôrma. O menino é dramático. Se jogou no chão e espertenou.
Se dependesse dele estaríamos até agora batendo o bolo.
Talvez eu repita a experiência! TALVEZ!!!

Ele se deliciando com o bolo "dele".




*Domingo eu medi o Pedrinho e ele está com 88cm.
Também o pesei por conta própria e ele está com 13,100 kg. Como ele estava com roupa de frio, vamos tirar uns 200 gramas do peso, ficando assim 12,900 kg.
Já que ele não vai ter mais consulta de rotina mês a mês, tenho que monitorar o peso sozinha. Fiquei tão viciada em ter que levar o Pedro mensalmente no pediatra que me bateu até uma depressão básica. Me senti abandonada!

*Falando em consulta - semana passada recebi um telegrama do posto de saúde referente a consulta mensal do Pedro. Como assim? Mês passado a própria pediatra falou que a consulta do pedro agora seria semestral. E agora vêm me cobrar a consulta de maio que não foi marcada. Preciso arranjar um tempo para ir lá. Dor de cabeça!

Doentinho Ainda

22 de maio de 2014

Continuando.....

Sei que prometi vir aqui assim que chegasse em casa. Mas, devido a minha sogra ter dormido em casa junto com o irmão a minha casa estava de pernas para o ar. A limpeza do final de semana já não existia mais. Então, como eu adoro ver a minha casa arrumadinha, o que foi que eu fiz?
Ops! Acabei de ver que estou confundindo os fatos. Isso eu fiz na segunda! Ô cabeça minha viu? Na segunda, eu lavei todos os cobertores e limpei minha casa novamente! Haja trabalho que não acaba!
Bem, na terça, cheguei em casa mais cedo que marido. Aproveitei para tomar meu banho sossegada sem ter alguém querendo derrubar a porta. Liguei o computador disposta em dividir o meu tempo entre escrever no blog e continuar com o relatório de estágio da faculdade.
Mas quando eu vi aquele monte de formulário para preencher, adivinha quem venceu?
Lá vou eu "disposta" a terminar o preenchimento daqueles formulários ainda naquela noite, mas não deu. Um saco aquilo tudo!
Ontem, cheguei do trabalho e adivinha quem foi dormir de novo lá em casa?
Ela foi direto para minha casa, mas como não estávamos em casa, ela "baixou" lá no trabalho do meu marido.
Foi lá que soubemos da "notícia". Mas antes de irmos para casa, ainda tivemos que passar na casa de uma amiga de longa data dela, que aliás queria nos oferecer um baquete como jantar. Pedrinho, àquela hora já estava chato de tão cansado.
Fomos para casa e deixamos a sogra lá matando a saudade da velha amiga. E eu dei aquele tapa na casa para quando minha sogra chegasse.
Pedrinho dormiu. A mamãe aqui foi dormir e nada da sobra sogra chegar. Marido ficou esperando. Acabou não aguentando e saiu atrás da mãe.
Olha gente, nada contra a minha sogra. Ela é uma ótima pessoa, temos nossos problemas, eu acho que ela gosta muito de abusar da nossa boa vontade, mas tem horas que eu detesto essa invasão de privacidade. Eu sou egoísta sim!
Não gosto que mudem a minha rotina, que baguncem a minha casa, que se metam nas decisões que eu e meu marido temos que tomar.
No domingo era planejado que somente ela fosse dormir em casa. Foi combinado que o irmão dela iria aparecer lá em casa às cinco horas da manhã para deixar o carro dele conosco (um prêmio antigo, sem aquecimento e lento para andar) e seguiria viagem com ele com o nosso carro. Mas a anta criatura apareceu lá dez e meia da noite quando estávamos prontos para dormir. Senti vontade de mandar ele embora e voltasse na hora combinada.
Mas marido que é super gente boa para a família foi logo falando que o tio poderia dormir ali de boa e o resto da história vocês já sabem.
Noite mal dormida, estresse, canseira o dia todo. Mal me concentrei no teste do Detran, meu dia no trabalho rendeu pouco.
Essa noite, mas essa da minha sogra! Temos tido o hábito de dormir no mais tardar 10 horas da noite e minha sogra aparece meia noite.
Minha sogra tem bola de cristal!
Porque quando não queremos que ela apareça ou temos outros planos, lá está ela para atrapalhar tudo!
Sei que nenhuma família é perfeita, mas se juntar a minha família com a do meu marido, nós estamos ferrados!
Mas pelo menos essa noite somente a minha sogra dormiu lá em casa e ela não tem o costume de ir ao banheiro durante a noite e se foi, (sinceramente?), eu estou tão cansada dos últimos dias sem dormir direito que acho que entrei em coma essa noite porque eu não vi nada!
Sábado ela estará indo embora (que os anjos digam amém) e que outras oportunidades dela dormir lá em casa demorem muito a aparecer!
Ah! Eu já sei o resultado da prova, mas volto amanhã contando! (Sem falta!)
Beijos meu e do Pedro!

20 de maio de 2014

Tempo... Tempo....

Olha eu aqui de novo! Depois de uma semana sumida, mas sempre presente vendo os posts das amigas, venho contar resumidamente algumas coisas que tem acontecido. O tempo por aqui é curto! Gente do céu, como o tempo voa!
Ontem, depois de um final de semana com direito a sogra dormindo na minha casa (#detestei!), não detestei pelo fato dela ir dormir lá em casa, mas sim pelo fato dela pegar o nosso carro emprestado quase nos deixando a pé e de quebra levou o irmão dela para dormir lá em casa. Minha casa é um ovo. Só tenho um quarto e o banheiro é no meu é quarto. O danado passou a noite toda indo ao banheiro. Era um bate bate de porta! Estressei!
Vou contar o real motivo da minha chateação. Lembram das minha metas de final de ano? Na verdade eu só lembro de duas de todas que eu diz! :)
Pois bem, duas já estou cumprindo! EBA!
Bem, vou contar para vocês! Aiaiaia dá nervoso de contar, mas ai vocês vão me entender.
Em março, eu dei entrada na minha carteira de habilitação. Só que eu não falei para todo mundo. Quero manter segredo para algumas pessoas até eu ter conseguido. E algumas das pessoas que eu prefiro não contar é a família do meu esposo.
Ontem, eu fiz a prova escrita do Detran.
Os meu planos era dormir bem do domingo para a segunda. No final da tarde de domingo já comecei a pôr a casa em ordem para mais um começo de semana.
A sogra que veio nos visitar (marido e irmã), já soltou a indireta na hora do almoço de que pegaria o nosso carro para viajar para Minas no dia seguinte para comprar roupas de frio.
Já fui logo dizendo que não daria, pois eu tinha um exame logo cedo para fazer e não poderia faltar.
Ela ia nos deixar sem carro!!!!
Vou voltar a trabalhar! Depois eu continuo a história quando eu chegar em casa.
Beijos

P.S: desculpem o texto sem pé nem cabeça! Hehehe

10 de maio de 2014

O Presente que Eu Quero Ganhar

Ai acontece que a pessoa demora séculos para vir postar, porém quando ela senta sossegada (depois de ter brincado até a exaustão com uma criança de bateria recarregável) ela perde tudo (três linhas, na verdade) quando o seu filhinho, depois de ter soltado um pum mais fedorento que repolho com Enxofre, dizer "cocô" - coco chanel? SQN - a mãe logo decifra a frase como: mamãe, fazer cocô!
Momento corre pro banheiro! Mas nada do cocô dar as caras! Meu filho confundiu o pum com cocô. Quem nunca, né?
Mas o momento do desfralde vai ficar para outro post, porque dá licença que hoje eu vou falar sobre o meu dia... O dia de sem roupa para passar, bumbum para limpar e comida para fazer ou pratos para lavar!
É o dia das mãeDiocas!
Porque até parece que no dia das mães vamos ter essa folga toda né?
Mas fia, sonhar é de graça e tudo o que é de graça eu tô marcando presença!
Mas hoje eu vim falar do que eu quero ganhar! Mas vou te contar que não vai rolar, pois a Ferrari que encomendei está em falta, então o jeito é ir de fusca, kombi ou até jegue! O importante é instalar a cadeirinha!
Mas falando sério! Porque será que nós temos o dom de nos boicotar, hein?
Eu preciso de sapatos novos, roupas novas, mas ai quando passo em frente em uma loja que tem coisas para o Pedro, o que eu fui comprar mesmo?
Sempre - SEMPRE MESMO - fui assim. Eu sempre pus o bem estar de outras pessoas à frente dos meus desejos. A síndrome das asas de galinha sabe?
Até hoje sou assim, mas agora tenho um motivo maravilhoso para fazer isso né?
Mas reavaliando o que eu quero ter, eu não consigo pensar em nada mais importante do que ter a minha família reunida (eu, marido e meu oncinha). Não é clichê não gente! Temos o ano inteiro para conquistar os nossos desejos. Dia das mães? São todos os dias, não é porque é dia das mães que eu tenho que ganhar presente. O presente será bem vindo! Mas não obrigatório!
E não há melhor presente do que ouvir "mamãe" todos os dias, ver a felicidade do Pedro quando me vê depois de um longo dia separados. O abraço gostoso e o beijo mais especial desse mundo.
O que eu tenho para dizer sobre esse dia é que desde que o Pedro chegou tudo se tornou MAIS maravilhoso. E ele é tudo para mim! Cada sorriso é um presente!
E um presente eu tive que dar para mim mesma. Percebi que estava perdendo um tempo precioso na internet, o tempo que eu poderia estar brincando, ensinando algo para o meu filho eu ficava aqui, conectada a amizades desnecessárias. Claro que não é geral. Sinto falta de muitas pessoas da "rede", mas as mais importantes eu tenho contato através do blog.
Já sofri demais com pessoas que só sabem cobrar, ai você pára e pensa: "Puxa, preciso mesmo dar mais atenção para fulano!"
Você acaba mandando uma mensagem enorme para fulana, que não responde, que não te manda e-mail (mesmo você dizendo que está encerrando a conta do facebook e que ela poderá entrar em contato comigo através do e-mail tal), que nem sequer te telefona. E que a última da vez é que tá de amizade com alguém que te fez muito mal e que devem estar falando horrores da tonta aqui. Vamos cortar o mal pela raíz? Pois vamos, aprendi a dar valor a quem me dar valor e isso vale para tudo: amizade, familia e trabalho.
Então me dei de presente me valorizar mais, me amar mais, ser presente na vida de quem se faz presente. Ação=Reação.
Faz uma semana que mandei o email para fulana, que não respondeu até hoje. Já tinha mandado outro email há uns seis meses atrás, ela já respondeu comentário de outras pessoas e meu email ficou lá sem resposta: ainda vem com indireta de que fulana sumiu depois que casou, que esqueceu dos amigos.
Indireta mais que direta!
Mas sabe, vai morrer de dar indireta. Eu estou igual a Mafalda:




Acabei falando bem mais do que o Presente que eu quero ganhar! Hehehe
Coloquei minha revolta pra fora também!
Estou ótima sem facebook, tenho ficado só com o blog e o instagram (que só tem foto do Pedro! Shame on me! Eu sei!)
Mas gente é isso! Ah! Hoje foi apresentação do dia das mães da escola do Pedro! Mamãe Babou até demais a cria! As professoras fizeram um porta pano de prato (talvez eu use como um acessório de cabelo, ou faça um max colar. Estou em dúvida) e um porta linha de costura (para eu me enforcar-brincadeira- ou é para eu costurar as cuecas furadas dos meus dois homens né?)




Custava dar um batom? Custava meu povo e minha pova!?!








Meu único desejo é que esse amor se perpetue pela eternidade! E isso eu tenho certeza que vai! Te amo meu bebê!

6 de maio de 2014

Duas Semanas

As coisas por aqui andam super corridas. Ainda bem que tivemos um feriado seguido de três dias para descansar. E como foi bom descansar!
Sinto falta de ficar em casa, mas eu também estou gostando se ter um emprego, ter meu dinheirinho.
Esse mês, pior do que os outros, estamos atolados de contas, mas se Deus quiser e Ele vai querer, mês que vem estaremos "sossegado". Estamos segurando ao máximo para não usar cartão de crédito e nem fazer dívidas. E isso tem nos feito tão bem!
Os planos de quitar o terreno aonde moramos ainda está de pé. Falta somente 10 parcelas, mas não queremos esperar tanto tempo para acabar de vez com essa dívida.
Sempre fico tentada a comprar algo para mim, para o Pedro ou para a casa, mas tenho conseguido me controlar. Não sei até quando, pois quero cuidar mais de mim, da minha casa e do Pedro.
Pois bem, tudo indo maravilhosamente bem.
Temos um superherói em casa: o super macaco. O Pedro tem subido em todos os móveis, escala o berço nos deixando de cabelo em pé!
Faz duas semanas que minha mãe foi embora. Antes dela ir, eu fiquei bem insegura achando que não daria conta de tudo.
Agora parece que tudo entrou nos eixos. Já consigo fazer as coisas em casa sem nenhum problema.
Tem duas semanas que estou fazendo um cursinho rápido à noite, acabo chegando em casa 11 da noite. Fecho os olhos para a bagunça e vou direto pro quarto. O que tem salvado a minha sanidade mental é ter o final de semana para pôr a casa em ordem e descansar!
Mas são os dias que eu mais trabalho.
O cesto de roupas parece ter um fundo sem fim. Haja roupas!
Vivo limpando o chão (meu piso é branco), a louça de dois dias está acumulada na minha pia me assombrando e sem contar os brinquedos do Pedro que vivo guardando 4567894 vezes no dia.
Mas porque eu guardo? Porque ele não está brincando mais. Mas é eu guardar que ele já corre para bagunçar tudo de novo. Essa decoração da minha casa está deixando a desejar.
Já ensinei como guardar, já guardei junto, já fiz promessa, já prometi dar doce, já fiz ameaça e a coisa não andou para frente.
Aiaiai
Pedrinho furacão também é preguiçoso!

A história de Pedro e Mamãe

A história de Pedro e Mamãe