26 de agosto de 2015

Semana 19 & Nome do Bebê 2

E a resposta correta sobre o nome do bebê é a letra:

e) Daniel

Nós já tínhamos escolhido o nome do Bebê 2 bem antes de nós engravidarmos e muito antes de eu desistir da ideia de ter um segundinho.
O critério para a escolha do nome foi:
  • Nome brasileiro
  • Nome simples e curto
  • Não poderia ser nome composto

Só que aí engravidei e "desapaixonei" (essa palavra existe?) pelo nome. Aconteceu o mesmo com o Pedro, ele iria se chamar Lorenzo e acabou sendo Pedro.
Quando descobri o sexo, o nome não estava casando na minha cabeça. Parecia que chamar o Bebê 2 de Daniel não soava bem.
Aí lá foi a grávida reclamona e cheia de dúvidas falar pro marido que não sabia se queria realmente colocar Daniel. E ele? Deu nem tchum pra mim, falou que já acostumou com o nome e que ia ficar Daniel.
E não é que eu apaixonei de novo pelo nome?
Lá em casa, minha mãe foi totalmente sem imaginação. Nós três temos o nome com a mesma letra. Somos todos G. Parece até trio sertanejo. E outro critério é que não poderia ter a mesma letra o nome dos nossos filhos. 
Poderia acontecer? Claro!
Mas sabe o pior dos nossos nomes lá em casa? Além de começar com G, começa com Gi.
Mas Daniel e Pedro tem nada disso, não é?

Semana 19

Domingo passado completamos mais uma semaninha. Quase metade da gravidez. Se no começo parece que as semanas nunca passam por causa do mal-estar e enjoos, depois as semanas passam voando. E para comemorar não tivemos fotos (chorem comigo!), pois acordei com muita dor. Parecia contração, minha barriga estava bem dolorida. Eu não aguentava ficar em pé de tanta dor. Fomos para a igreja e voltamos antes de terminar, pois eu comecei a suar frio. Chegamos em casa, tomei um buscopan e me deitei. Não tinha como fazer alarde pois eu não tive nenhum sangramento.
Passou o dia, a noite chegou e quando eu não aguentava mais de dor, fomos parar na emergência da maternidade que o bebê 2 vai nascer. Diagnóstico? Virose!
Duas horas lá dentro com direito a 1 litro (parecia uns 5) de Soro com complexo B + plasil (para enjoou) + Buscopan (para a dor). 

 Nao reparem no meu braço cabeludo. Herança nordestina.


Com direito a marido ligando no celular porque meu personal grude/chiclete estava chorando porque a mamãe entrou no hospital sem ele. E foram duas horas de choro.
Agora o que eu faço com essa criança quando o Daniel for nascer?
Já estamos no terceiro dia da virose e melhorou uns 40%. Não voltei no hospital porque eles também não tem muito o que fazer. A médica mandou fazer a medicação em casa e esperar passar. #gravidasofre
Aí como se não bastasse toda essa virose, adivinhem o que veio de brinde hoje?
Falta de ar!
Tô cantando a música daquela lá que canta é hojeeee. (Só me vem Peppa, Luna na cabeça)

Pois é, é hoje que eu vou:
(  ) que eu vou te pegar de jeito
(X) que eu vou dormir sentada

O Daniel já está cefálico e não pára de chutar a minha bexiga lá embaixo e ele parece estar alto. O que eu não tive na gravidez do Pedro, eu estou tendo de brinde nessa.
Somam-se a essa gravidez:
2 gripes fortes que me deixaram de cama
1 virose que já me deixa de cama há 3 dias
Falta de ar
É mole não!
Eu sinto o Daniel mexer desde a sexta semana de gravidez mais ou menos, mas desde a semana 16 que os chutinhos tem se tornado chutões.
Ele adora o Pedro. Pensa numa criança que faz a festa quando o Pedro fala com ele. E se o Pedro coloca a mão na minha barriga, ele chuta justamente aonde a mão está.
Falando em Pedro, ele também está apaixonado pela barriga, gosta de dormir com a mão tocando ou em cima dela. Quando está no meu colo, fica fazendo carinho na barriga. Um amor! Espero que esse amor dure no pós-nascimento.
Daniel adora banho de chuveiro, deixo a água cair e ele só no mexe remexe. Ou ele gosta ou odeia! Vamos saber em 21 semanas!
Enquanto a mamãe não gosta de doce e raramente come, ele parece que vai ser uma formiga. Eu como doce e ele já dá sinais de que quer mais.
A linha nigra (última moda nas passarelas aqui de casa) já deu as caras no bucho.  E vai ficar além das 21 semanas, mais alguns meses após o parto.

Com direito a barriga cabeluda. 19+2 semanas de gravidez.
Bem, fora essa virose, essa maré de bendiciones #sqn, estamos bem. Na verdade, só o bebê Daniel tá bem, mamãe aqui já incorporou o panda time, três noites sem dormir e parece que vamos entrar na quarta. Treinamento intensivo antes do bebê nascer! E de graça! Olha que luxo! #sqn
Como esse post está sendo escrito na terça à noite, eu só espero que a minha quarta-feira seja abençoada e que essa virose finalmente vá embora, a falta de ar também e a azia.
E eu também! Ops! Eu não posso ir embora!
Prometo voltar (com boas notícias, espero)
Beijos

E o próximo post vou falar sobre "A Trilha Sonora de Cada Gravidez"
Me aguardem!

25 de agosto de 2015

O sexo do Bebê 2 (continuação)

Quando o Pedro entregou a caixinha verde pro papai, ele se mostrou surpreso porque eu disse que não tinha dinheiro para comprar um presente para ele (e não tenho mesmo). 
Ele pegou a caixa e (pensando que ele associaria a caixa ao bebê 2) perguntou se era uma gravata.
Eu disse que não e que o sexo do bebê estava em forma de cor ali dentro. E ele sem querer abrir disse:
- É menina?
______________
Pausa
A família dele fez uma "lavagem" cerebral nele dizendo que agora viria uma menininha. E ele acostumou com a ideia de que vinha uma princesa.
_______________
Sem demonstrar alguma emoção ou pista eu mandei ele abrir a caixa. Ele abriu um pedacinho (porque homens são tão comedidos? Eu teria explorado toda a caixa) e disse:
- Sério?
Eu falei que sim.
Confesso que esperava uma reação mais eufórica. Mas como eu disse sobre a família dele, foi uma pressão tão grande de que TINHA que vir uma menina que ele acostumou a mente dele de que era uma menina.
Ainda perguntei se ele estava feliz. Ele me abraçou forte e falou que era o melhor presente que ele poderia ganhar. Dois meninos para brincar, dois meninos que seriam companheiros eternos do pai.
Aproveitamos e saímos para comemorar em passeio em família.
Eu também o liberei para contar para a família dele (já que minha mãe e irmã já sabiam).
No dia da US, minha cunhada tinha ligado para saber o sexo do bebê e eu falei que não deu para ver. Então tínhamos que contar a grande novidade.
Marido liga e fala com o pai. Segue mais ou menos o diálogo.
Marido: pai, é um menino!
Sogro: (não escutei o que ele disse, mas ele era o que mais queria que viesse uma menina e pelo tom de conversa do meu esposo, meu sogro não ficou muito feliz com a novidade)
Marido: é pai, depois a gente tenta de novo.
Entenderam? Como é que as pessoas criam essas "benditas" expectativas sobre nós. Eu estou adorando saber que quem está aqui no forninho é mais um menininho. E como não deu tempo de escrever um post sobre o sentimento da possibilidade de ter uma menina, vou falar agora nesse post.
Eu não aceitava a ideia de ter uma menina (#mejulguem). Eu tinha medo de amar menos do que eu amo o Pedro. Medo de não saber cuidar, medo de não ser uma boa mãe, medo de não saber lidar com atenção para dois.
Medo bobo, eu sei. Eu tinha medo.
Mas quer saber? Eu também tenho medo em relação ao bebê 2. Ele vai nascer nas feriiiiiiassss!
Me socorre! Pedro já tá meio bebezão. Esses dias pediu para dormir no meu colo. Eu sentada com ele no meu colo e fui proibida de deitar.
Perguntei se ele queria a cama dele e ele falou: não, mamãe. Eu quero seu colo!
Imagina uma mulher parida com duas crianças querendo atenção e colo? (#partiuvoualipirar)
O que tem me salvado é o pensamento positivo.
Agora sobre o nome. Eu tinha falado para vocês de que já tínhamos escolhido o nome do bebê 2. Se fosse menina, se chamaria Isadora (minha sogra acho o nome feio. Eu nunca vou conseguir agradar, mas quem se importa? Estou pouco dando ibope para a opinião das pessoas sobre o nome dos meus filhos)
E para menino.....
Tchãrammmm
Vou deixar vocês opinaram e amanhã eu volto com a resposta certa. É, até aqui tem Vestibulinho! Hehehe
O nome do bebê 2 é:
a) Lucas
b) Miguel
c) Lorenzo (ia ser o nome do Pedro)
d) Fabrício
e) Daniel
Bem, eu volto amanhã (o post está programado já, bebê 2 está de prova aqui mexendo lá embaixo ) com o nome do Bebê 2 e sobre a semana 19.
E se não houver mais problemas com a minha internet (tive mais dois problemas depois do primeiro, o computador foi pro técnico e estou postando pelo celular), eu volto amanhã para visitar azamigas.
Meninas que sabem, biquinho calado!
E agora mais algumas fotos da revelação do sexo do Bebê 2. Desculpem a edição tosca, edição de celular, quando o notebook voltar, teremos edições melhores. 
Beijos
 


19 de agosto de 2015

Contando para o Papai sobre o sexo do bebê 2

Meninas, eu estava escrevendo o post ontem e quando eu cliquei em enviar, deu erro.  Eu estava sem internet. 
No meu celular só funcionava o whatsApp (que eu nem uso). Aí esperei até hoje pra ver se era alguma falha na rede. Desliguei tudo e fui dormir, acordamos hoje de manhã e nada da internet voltar. Todos os outros serviços de TV e telefone estavam normais e o WhatsApp também. 
Saí para um compromisso e voltei agora 1 da tarde, eu detesto ligar para essas centrais de atendimento, mas não teve jeito. 
A internet voltou mais ou menos. Só estava funcionando no celular, no meu computador estava dando erro. :(
Aí agora às seis, tive que ligar lá de novo.  :(
Dessa vez peguei um atendente que em vez de solucionar o meu problema, falou que vai mandar monitorar a minha internet e se "for problema meu", será cobrado um valor pelo atendimento. 
Mereço isso? O problema é deles e eu que tenho que pagar. Nunca tive problema com essa empresa de internet, mas eu não vou pagar e vou direto no Procon se for o caso. 
Reiniciei o moden e a internet, mais uma vez, só está no meu celular. O computador reconhece o Wifi mas está sem acesso. Vou liberar (logo abaixo)um post que prometi, mas ainda está incompleto.  O outro eu ainda tenho que preparar e pra isso, eu preciso do computador. Vou ter que entrar nas configurações do moden e restaurar ele. Por que isso só acontece por aqui? 

_________________☆☆☆☆__________
18/08/2015

Que falta de energia é essa? Geralmente é um dia sem energia e o outro eu acordo bem mais disposta. Ainda bem que não estou trabalhando, porque eu não sei se aguentaria.
Hoje também acordei bem desanimada, assim como o dia foi bem nublado lá fora.
Mas hoje eu estou aqui para falar de outra coisa. De como eu dei a notícia ao papai de segunda viagem.

Eu sempre quis fazer surpresa ao anunciar a gravidez ou sobre o sexo do bebê. Na gravidez do Pedro, eu fiz a US para saber o sexo dele quando eu estava de 17 semanas igual ao bebê 2. Mas eu tive o azar de pegar um médico mal humorado e cheio de má vontade (me falou que o sexo do bebê ainda não estava formado. Com 17 semanas? Me conta outra né?) Era dia 28 de dezembro se não me engano. Fui tentar fazer outra US 3 semanas depois (dois dias antes do aniversário do marido.
Eu fui sozinha dessa vez (na outra minha sogra tinha ido junto. Seria ela o pé frio?) e descobri que vinha um garotão com direito a perninhas bem abertas.
E eu tinha um plano. Esperar o aniversário do marido para contar a novidade. Mas eu fiquei tão feliz, mas tão feliz que queria gritar pro mundo inteiro que meu Pedro estava vindo. Meu plano faiô e acabei soltando a língua pro marido.
Nessa gravidez eu não consegui fazer surpresa no nascimento porque ele estava ali do lado. Mas quando eu marquei a US, eu fiz de tudo pra ir sozinha de novo. Marquei justamente no horário do trabalho dele. O plano era dizer que o bebê 2 ficou de perninhas fechadas e não deixou ver nada. E eu esperava ansiosamente que essas perninhas cruzadas ficasse na minha "estória".
Mas eu tinha um contratempo, era sábado e com quem eu deixaria o Pedro? Porque o Pedro ia sabotar o meu plano porque ele fala tudo o que vê.
Na hora que eu desci do carro (marido me levou), Pedrinho se recusou a sair do carro e marido acabou levando ele embora pro trabalho. Que sorte!
Fiz a US e foi a coisa mais linda de se ver. Bebê 2 estava serelepe mostrando tudo sem vergonha nenhuma.
Assim que a médica colocou o aparelho na minha barriga, ele me perguntou:

Médica: Já sabe o sexo do bebê?
Eu: Ainda não, por isso estou aqui.
Médica: É um menininho.

E o meu sorriso foi de orelha a orelha.

Ai ela me mostrou os órgãos do bebê e, por último, ouvimos o som mais lindo: as batidas do seu coraçãozinho que estava a 135 pbm.

Sai do consultório nas nuvens e fui direto pro centro da cidade comprar a surpresa do marido.
Comprei um body e um macacãozinho na cor do sexo. Tão difícil escolher, nessa época não tem muita roupa de calor. Coloquei as duas roupinhas numa caixa unissex (pra mim era unissex) verde.


Aí está a foto das roupinhas e da caixa surpresa. Desculpem essa edição tosca, foi feita em algum aplicativo do celular.
Eu vou esperar a próxima US,  que vai ser a morfológica do segundo trimestre para poder confirmar o sexo, para poder começar a comprar o enxoval. Já vi berço e um guarda-roupa novo pros meninos.
Essa é a primeira parte do post, vou tentar resolver a internet do notebook para poder finalizar o post com a reação do marido.

(Meninas que comentaram, aguardem que logo chego até vocês!)

17 de agosto de 2015

E o sexo do bebê 2 é....

Dou dois doces para quem:

  1. Acertar o sexo do bebê 2
  2. Para quem perdoar o meu sumiço :)

17 Semanas do Bebê 2
Mas antes que eu fale o grande mistério dessa novela mexicana, vou contar o que aconteceu. 

Segunda: Exclui um monte de blogs que eu seguia. Uns foram abandonados, outros foram privatizados e outros nem existiam mais (excluídos). De um total de 76 blogs, restaram 28 blogs. 
Ainda na segunda, mudei o layout da capa do blog, pois enquanto dindim não aparece para fazer algo personalizado, nós vamos dando um jeito.
Eu até ia escrever no blog, mas como sou muito detalhista, acabou não sobrando tempo.
Terça: Dormi até meio dia. Pois é, não é algo que se diga, mas ando tão cansada, fora a insônia que sempre me ataca na gravidez (acho que faz um mês que não durmo direito). Tive na gravidez do Pedro e estamos tendo um repeteco extra nessa gravidez. Eu não consigo fazer nada quando estou cansada. Acabei fazendo o básico (fazer o almoço e manter a casa em ordem). Nesse dia acabei saindo do casulo e aproveitei que fui buscar o Pedro na creche, fomos visitar uma amiga que tem um filho em idade próxima do Pedro para eles brincarem um pouco e a gente papear. 
Ai nesse dia, mudamos os móveis do quarto de lugar para acomodar o berço e quem sabe, uma cômoda ou um guarda-roupas sob medida para o bebê. Deu um trabalhão, mas a boa notícia foi poder retirar a mala de roupas de quando o Pedro era bebê e me deliciar. Bateu uma saudade e pensar que vamos passar por tudo novamente, faz meu coração derreter de amor.
Quarta / Quinta e Sexta: muita dor por causa do esforço de limpar e organizar todo o guarda roupas. Além dos serviços diários de manter a casa arrumada e ainda ter que lavar roupa que brota do nada do cesto de roupas sujas. Nesses dias, o Pedro também não foi na escola. Mais atenção pro moleque! Sem contar a preguiça acumulada.
Quero que essa insônia acabe logo. Hoje, quando eu finalmente consegui dormir (umas quatro da manhã), Pedro caiu da cama dele nos dando um baita susto e nessas horas ele só quer a mãe. Ai já acordamos as sete e até agora não tirei sequer um cochilo e daqui a pouco o furacão chega!

Mas estão curiosas?
Vamos parar de blá-blá-blá?

Vamos ver se vocês conseguem adivinhar!

Eu sempre senti o que o bebê 2 seria. E quando eu descobri eu fiquei apaixonada demais. Coração e intuição de mãe nunca se engana (pelo menos o meu).
E o bebê 2 é.....







_______________________________________________________________










É outro menino!!! Adorei!!! E nada melhor do que o Pedro para dizer a boa nova!
Quando todo mundo me dizia "tomara que venha uma menina agora", eu sempre dizia que queria outro menino, ninguém acreditava. Eu sentia que era outro menino. Coração de mãe não se engana. Lembram de quando eu falei dos sonhos em que eu sonhava com os meus meninos? Primeiro sonhei com o Pedro antes de casar e há dois anos atrás eu sonhei que apresentava outro menino ao Pedro como seu irmão.
A médica me mostrou as "bolinhas" e o "pintinho" do bebê 2. E estava tão serelepe (comi chocolate).
Lembram que eu tirei as roupas do Pedro da mala? Já lavei e separei uma gaveta pro bebê dois.
Vou aproveita meu surto de "tempo e coragem" e já vou escrever sobre o nome e o começo do enxoval do bebê 2.
Sim, ele já tem nome e vou gravar o Pedro falando o nome dele. Tão fofo!!!
Faz tempo também que não falo do Pedro aqui. Que judiação! Prometo atualizar também!
Tiramos várias fotos, vou postar algumas amanhã. É que (como sou detalhista) eu tenho que editar as fotos e isso leva tanto tempo.
Amanhã vai sair o post "Contando Para o Papai" e na quarta sai o post "Enxoval do Bebê 2", ok?

Beijos e Hasta Mañana!
Beijos de nós 3

7 de agosto de 2015

O Positivo

Pedrinho chegou da creche hoje com uma massinha de modelar da escola. Socorroooo! Ele faz muito "bolo" e eu tenho que ficar cantando "parabéns" e ainda soprar as velinhas. Escrever no blog com ele não dá perceberam?

Mas vamos aos posts de hoje, mas antes eu quero agradecer a vocês pelo apoio no último post, prometo retribuir a visita aos pouquinhos. Tudo por aqui está mais calmo. Sempre teremos que passar por tribulações. O segredo é confiar no Senhor porque ele sabe o que é melhor para nós.

Acreditam que sexta-feira que vem eu vou entrar no 5º mês? Já??? Como assim?

Até ontem estava com os benditos enjoous e agora já estamos quase chegando na metade da gravidez.
Eu estou devendo o post do positivo. Então vou fazer um tudo junto e misturado e se prepara que esse post vai ser longo. Senta ai, pega um copo de suco e um lanchinho e sijoga!

Eu estava muito animada ano passado para engravidar novamente em 2015. Senti o relógio biológico me chamando para mais um bebê dentro de casa, afinal, Pedrinho já estava com quase três anos e era notável o quanto ele se sentia sozinho.
Um dia, estávamos na casa das primas do meu esposo. E veio a pergunta para mim e ele não estava perto:

_E ai, quando vai vir um irmãozinho pro Pedro?

Eu toda animada e "tonta" respondi:

_Estamos planejando para o ano que vem (2015).

Eu e meu esposo já estávamos fazendo planos. Já era algo certo. Mas eu mudei de ideia quando elas me falaram que meu esposo tinha dito para elas que daquele "mato não saia mais coelho".

Fiquei super sem graça e chateada, porque nós tínhamos um acordo. Nós estávamos fazendo planos. E eu com certeza tirei satisfação com ele e ele falou que foi só uma brincadeira. Mas foi algo que me magoou bastante, pois temos que falar a mesma língua. Concordam meninas?

A partir daquele dia eu realmente fechei o meu coração para mais um filho. Pedrinho seria filho único pois eu estava muito decepcionada. E mesmo olhando outros bebês eu realmente não sentia mais o desejo de ter outro filho.
Final de ano chegou e junto as cobranças por mais um bebê na família. Meus sogros viviam enchendo o saco querendo mais um neto. (Cara de tédio "Mode On")
E eu sempre falava que não. Porque querer é fácil, agora na hora de ajudar são outros quinhentos.

Esse ano marquei GO porque eu tinha feito o exame preventivo em setembro do ano passado e deu inflamação do colo do útero e eu tinha que usar uma pomada do mal que me fez muito mal. Claro que dos 7 dias de medicação eu não fiz nem a metade e aquilo me preocupou.
Como não podia voltar na mesma GO, eu marquei com outra. No final deu tudo certo. Mas eu ainda tinha que voltar nela. Por quê? Porque precisava trocar o anticoncepcional que, além de caro, já estava parando de surtir o efeito desejado além de prevenir e ele estava fazendo minha menstruação atrasar horrores.
*o anticoncepcional era próprio para o tratamento da pele e da oleosidade do cabelo.

Eu estava usando um anticoncepcional que não estava mais funcionando para o que eu queria. Ai eu parei com ele até voltar com a médica e a consulta estava marcada para dali a dois meses.
E o que aconteceu nesses dois meses? Pimba!!! Engravidei!!!

Pausa
o cheiro dessa massa de modelar está me enjoando! 
Despausa

Ai vocês me perguntam, mas porque não se preveniu?

Marido tem alergia a camisinha. É o que parece ser e o que ele fala ser. Mas a essa altura, eu nem pensava que poderia engravidar. Eu não estava fazendo nada ilegal. Nos preveníamos de outras formas, mas alguma coisa falhou. Deu para perceber né?

Com duas semanas de gravidez (sim, eu sei que não pode ser possível, mas aconteceu) eu senti muita vontade de comer macarrão com carne moída e queijo parmesão ralado por cima. E fiz marido ir comprar e eu comi tanto. Isso foi lá pro dia 24 de abril.
Na semana seguinte com três semanas de gravidez eu fiquei muito enjoada. O enjoou durou 5 dias. E não ia embora de jeito nenhum. Mas eu, mesmo assim, não desconfiei de nada porque eu sempre tenho enjoou por alguma coisa. Mas eu sempre brincava com o marido dizendo que achava que estava grávida e ele sempre foi muito cético. E pelas minhas contas a menstruação estava perto.
O enjoou foi embora e no dia 13 de maio com 1 dia de atraso (minha menstruação sempre foi pontual) eu passei mal de vomitar. Eu e marido tínhamos ido num evento empresarial à noite, na volta passamos e pegamos o Pedro e no meio do caminho para casa, eu pedi para que ele parasse o carro e foi ali, na esquina da creche do Pedro, que eu vomitei.
Depois, olhei para ele e falei: Acho que está na hora de fazer o teste de gravidez não é?

E ele, pela primeira vez, não duvidou de que eu estivesse realmente grávida. E parecia muito, muito feliz pela possibilidade de eu estar realmente grávida.
Na manhã seguinte, ele levou o Pedro na creche e voltou com um teste de farmácia.
A farmacêutica fez até uma brincadeira, perguntando se ele queria um teste que desse positivo. E foi esse que ele levou pra casa.
Eu, internamente, já sabia que ia dar positivo. Ele chegou e eu fui no banheiro fazer o teste. Parecia uma eternamente e só apareceu uma linha. Sai toda feliz dizendo pro marido "deu negativo. Uma linha somente.
"Ai voltei lá para pegar o teste para mostrar para ele e o que tinha? Um segunda linha bem fraquinha.
Mostrei para ele e falei: Fala para mim que não é verdade!
E ele, sorrindo de orelha a orelha, falou: "amor, vamos ter outro bebê"
Pois é, ele estava mais feliz do que eu.
Eu não sei explicar o que eu estava sentindo. Foi um misto de felicidade, euforia e medo. Eu fiquei feliz, mas depois eu ficava assustada e triste.
Vai entender...
O positivo veio no dia 14 de maio de 2015, quinta-feira e com dois meses sem tomar anticoncepcional. Falo que se eu sentir o cheiro da cueca do marido, eu fico grávida. Porque foi rápido, só não foi mais rápido que o positivo do Pedro que foi com 1 mês sem anticoncepcional.
O histórico aqui de gravidez é forte!

Essa é a longa história do positivo.
No próximo post eu vou falar da primeira consulta e primeiros sintomas e o primeiro ultrasom.
Ah! Amanhã marquei um ultrasom para saber o sexo do bebê. Vamos torcer para que ele ou ela colabore.
E se ele ou ela colaborar segunda eu volto com o resultado.
Engraçado que eu não estou ansiosa nem curiosa.

Hoje eu estou de 16 semanas e 5 dias. A barriga deu uma bela crescida. Nessa semana, eu já sinto o bebê mexer com mais frequência. Apesar que eu sinto mexer bem de leve como se fosse bolhas de água estourando bem desde as 5 ou 6 semanas de gravidez. Dizem que segunda gestação ficamos mais atentas e sensíveis aos sintomas.
Eu estou apostando eu outro meninão, mas todos estão apostando numa menina. Amanhã saberemos!!!
Ah! Vou postar o resultado no domingo no facebook e quem quiser saber saber antecipadamente é só me procurar lá no facebook. Meu nome está Gislene Mendes.
Vou colocar as fotos no próximo post!
Beijos


A história de Pedro e Mamãe

A história de Pedro e Mamãe